Congresso Brasil Paralelo: O que o Congresso Brasil Paralelo tem a ensinar


O que o Congresso Brasil Paralelo tem a ensinar

A equipe

O Congresso Brasil Paralelo é formado por uma equipe não ligada às mídias tradicionais, sendo independente. Trata-se de um projeto financiado pelo modelo Crowd Funding, em que usuários compram pequenas cotas e se tornam membros do site, possibilitando que a equipe arrecade fundos para realizar os vídeos. Não houve dinheiro público empregado na produção, e o Congresso é divulgado de forma gratuita, no YouTube. O objetivo do Congresso é um só: mudar o Brasil. E apenas a maneira, a qual a equipe do projeto Brasil Paralelo conseguiu tirar seus planos do papel já representam grandes lições de persistência e altruísmo, mas também de empreendedorismo.

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

Conteúdo

Por que o Brasil é assim? Corrupção, violência, subdesenvolvimento e incontáveis problemas. Certamente você já deve ter ouvido muitas explicações: a culpa é da política, ou da economia, ou é só questão cultural mesmo, certo? Errado.

Por meio de uma enorme quantidade de entrevistas com profissionais e personalidades de alto prestígio, o Congresso Brasil Paralelo se propõe a contextualizar a situação do Brasil, desde seu descobrimento até os dias de hoje.

Temos especialistas de renome, com os filósofos Luiz Felipe Pondé e Olavo de Carvalho; os economistas Rodrigo Constantino e Gastão Reis, o historiador e embaixador Alberto V. da Costa e Silva, e mesmo descendentes diretos do Imperador Dom Pedro II, o cientista político Luiz Phiplippe Orleans e Bragança e o príncipe imperial do Brasil, Dom Bertrand.

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

É para mim?

O conteúdo do Congresso Brasil Paralelo é apresentado de forma bem elaborada e didática, e o conteúdo é complexo, mas explicado de forma simples. A proposta da equipe é produzir vídeos acessíveis, profundos, mas ainda fáceis de se compreender.

Então, se você gostaria de conferir novas visões para explicar as razões do Brasil ser o que é, se gosta de apoiar produções independentes e financiadas sem o uso de dinheiro público, se valoriza a liberdade de se manifestar, mas principalmente se você já não sabe mais como pode contribuir para mudar o destino do Brasil, o Congresso Brasil Paralelo certamente é para você.

O Congresso é para visionários e questionadores. Você não precisa concordar com tudo, longe disto. Mas é essencial que veja, reflita, pesquise e chegue às suas próprias conclusões. Este é o primeiro passo para se obter real conhecimento.

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

Tornar-se membro

Atualmente, é possível desembolsar um valor de 12x de R$49,90 e tornar-se membro da Brasil Paralelo. Este dinheiro ainda segue a linha de financiamento dos trabalhos, e possibilitará que a equipe siga, de maneira independente, produzindo conteúdo de qualidade.

Mas isso não é tudo. Ao tornar-se membro, você terá acesso a mais de 140 horas de conteúdo exclusivo das entrevistas realizadas que, por motivos diversos, acabaram não entrando na produção final do Congresso.

E não acaba aqui. Ser membro significa que você irá fazer parte de um exclusivo grupo de membros de todo o Brasil, com direito a acesso a eventos presenciais com a equipe produtora e possibilidade de conferir os bastidores das produções.

O congresso

O conteúdo do Congresso Brasil Paralelo é dividido em seis vídeos com durações que variam de 28 minutos até 1 hora e 8 minutos. A série é, em essencial, construída em uma narração que segue uma linha de contexto enquanto justifica seus pontos com trechos selecionados das referidas entrevistas. No total, foram 68 entrevistados.

No primeiro episódio, é traçado um panorama geral dos problemas vividos pela nação, que vão do uso partidário do ensino e sua centralização pedagógica à burocracia e a dificuldade de se fazer negócios.

Panorama Brasil – Um raio-x inconveniente

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

O segundo episódio é dedicado a acabar com os mitos que retratam os tempos imperiais como desumanos, ou que tratam nossos líderes com desprezo e desdém; sendo a maior parte destas histórias uma mera construção de propaganda republicana para atender a fins partidários diversos.

Terra de Santa Cruz – Uma história não contada

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

O terceiro episódio foca as raízes do problema, em específico as matrizes ideológicas que dominam o pensamento político brasileiro e como isso reflete na cultura local. O socialismo é alvo de duras críticas aqui.

A Raiz do Problema – Como chegamos aqui?

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

No quarto episódio, nos é mostrado o retrato da realidade: o poder é cada vez mais centralizado e usado para fins maléficos, dividindo as pessoas por meios de, por exemplo, partidos políticos que financiam de ONGs.

Dividindo Pessoas, Centralizando o Poder

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

O quinto episódio introduz uma série de propostas, perspectivas e esperanças para o futuro do Brasil, como a descentralização das decisões políticas; a limitação clara do poder político; ou a maior liberdade econômica para se fazer negócios.

Propostas – O Que o Brasil Precisa

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.

Por fim, o sexto e último episódio trata do Impeachment da presidente Dilma Roussef, contextualizando, por exemplo, a incorporação da ideologia comunista na igreja e nas grades escolares, e como a situação foi se agravando, de forma tal que a moral pública se flexibilizava em nome dos ideais do partido. Mas já conhecemos o fim desta história.

Impeachment Brasil – do Apogeu à Queda

Quer fazer parte da comunidade do Brasil Paralelo? Clique aqui para fazer sua inscrição gratuita.