ISSN 1807-1783                atualizado em 07 de abril de 2014   


Editorial

Expediente

De Historiadores

Dos Alunos

Arqueologia

Perspectivas

Professores

Entrevistas

Reportagens

Artigos

Resenhas

Envio de Artigos

Eventos

Curtas


Nossos Links



Destaques
Fale Conosco
Cadastro
Newsletter

[ 13 de março de 2014 ]

O Diálogo Entre a Razão e o Pecado nas Correspondências de Abelardo e Heloísa


[ 13 de março de 2014 ]

Nikos Miltsios e a narrativa de Políbio


[ 21 de fevereiro de 2014 ]

História do corpo no Brasil


[ 21 de fevereiro de 2014 ]

Uma Abordagem Ontológica


[ 27 de dezembro de 2013 ]

Uma Breve Perspectiva Histórica sobre a Presença dos Evangélicos Reformados no Brasil


[ 27 de dezembro de 2013 ]

Moça Educada, Mulher Civilizada, Esposa Feliz: Relações de Gênero e História em José de Alencar


[ 02 de dezembro de 2013 ]

O Riso no Jogo e O Jogo do Riso na Sátira Galego-Portuguesa


[ 23 de setembro de 2013 ]

Regimes de Historicidade. Presentismo e Experiências do Tempo


[ 26 de junho de 2013 ]

Democracia e elites políticas: entre a minoria dirigente e a maioria dirigida


[ 27 de maio de 2013 ]

História Militar do Mundo Antigo - Guerras e representações

 anteriores
Manutenção do Tráfico e a Lei de 1831: Relações Internas e Externas e suas Motivações
Tecer o real implica a codificação e disposição conceitual do mundo em um determinado tempo e lugar histórico, uma forma de expressão do pensamento simbólico. Nesta perspectiva, pretendemos identificar na estrutura poética dos relatos míticos cantados nos primeiros 382 versos de Os trabalhos e os dias pelo aedo arcaico Hesíodo, alterações que marcam o tempo do poeta e que ensejam novos parâmetros intelectuais para os gregos dos séculos seguintes. leia mais

Os Guarani Transfronteiriços: A Realidade de quem Existe sem Existir
Neste trabalho, entendem-se como Guarani transfronteiriços os grupos linguisticamente guarani que têm vínculos e dinâmicas socioculturais presentes em mais de um dos seguintes países: Argentina, Brasil e Paraguai. No Brasil vivem pelo menos três grupos linguisticamente guarani: os Kaiowa, os Guarani Ñandeva ou apenas Guarani no Mato Grosso do Sul e, por fim, os Guarani Mbya. leia mais